Teletrabalho em tempos de Coronavírus

Recursos gratuitos para permanecermos seguros

Serviço de consciencialização gratuito sobre teletrabalho seguro

Serviço de consciencialização gratuito sobre teletrabalho seguro

Atendendo à necessidade das organizações de formarem e consciencializarem os seus colaboradores sobre teletrabalho seguro, a SMARTFENSE põe à disposição a respetiva plataforma, de modo completamente gratuito.

Para usufruir deste serviço, envie uma mensagem de correio eletrónico, usando a sua conta profissional, para info@smartfense.com.

Os 10 mandamentos para um teletrabalho seguro em época de crise

Cristian Borghello

Proteção Jurídica e Segurança no Teletrabalho

Marcelo Temperini

Da cabeça ao joystick: como criar o seu próprio videojogo

Pablo Abratte

Pandemia: controlos fundamentais vs aligeirados

Cristian Borghello

Combatendo as «Fake News» a partir da empresa

Maximiliano Macedo

Conteúdos

Filtrar - Todos
Módulos Interativos
Newsletters
Simulação de Phishing e de Ransomware
  • Ilustración del contenido
    Dispositivos móveis e teletrabalho
    Módulos Interativos
  •  Ilustración del contenido
    Teletrabalho: Longe do escritório, perto da informação
    Módulos Interativos
  • Ilustración del contenido
    Teletrabalho: Como conseguir que seja eficaz e seguro
    Newsletters
  • Ilustración del contenido
    O medo como instrumento de manipulação
    Newsletters
  • Ilustración del contenido
    Coronavírus: O subterfúgio perfeito para os cibercriminosos
    Newsletters
  • Ilustración del contenido
    Novos cenários de Simulação de Phishing e Ransomware
    Simulação de Phishing e de Ransomware

As Aventuras de Gupi

«As Aventuras de Gupi» é uma série de videojogos lançada pela SMARTFENSE, na qual um peixe chamado Gupi (a personagem principal) enfrentará inúmeros desafios no tempestuoso mar da segurança da informação.

Saiba como poderá ajudar o Gupi a criar hábitos seguros nos seus colaboradores e divirta-se jogando a versão beta.

As Aventuras de Gupi
Run Ciso Run

Run Ciso Run

Existem três cenários possíveis: não consciencializar, consciencializar na medida do necessário, ou recorrer à SMARTFENSE para implementar um plano contínuo de consciencialização.

Qual será o cenário mais eficaz? Descubra a resposta por si mesmo, colocando-se na pele de um CISO («Chief Information Security Officer») que consciencializa de acordo com as exigências do momento. Será que conseguirá reduzir os incidentes de segurança e manter-se dentro do orçamento inicial?