Com um longo historial de fornecimento de soluções de consciencialização, a SMARTFENSE ajuda as organizações a capacitarem e a consciencializarem os seus colaboradores no que diz respeito à segurança da informação.

O Programa de Parceiros da SMARTFENSE oferece um sistema de níveis baseados, principalmente, em pró-atividade, compromisso e resultados de vendas. Tais níveis proporcionam reconhecimento e diferenciação perante atuais e potenciais clientes.

Obtenha margens exclusivas e transforme-se num aliado estratégico e comercial da SMARTFENSE, para proporcionar o melhor serviço possível aos seus clientes.

Vantagens do Programa de Parceiros da SMARTFENSE:

Vantagens económicas

Desconto obtido em vendas realizadas no âmbito de oportunidades registadas. Atribuição de oportunidades por parte do fabricante.

Gestão centralizada

Portal de gestão de múltiplas organizações para fornecedores de serviços de segurança geridos («Managed Security Service Provider» - MSSP).

Kit comercial e de marketing

Kit com materiais e documentos que são entregues ao Parceiro, nos quais se incluem apresentações, brochuras, manuais de administração e de implementação, modelos de orçamento, RFP, etc.

Apoio específico para Parceiros

Serviço de apoio oferecido pela equipa técnica da SMARTFENSE, para resolver problemas da plataforma, providenciar assistência ou capacitação, e recolher pedidos de novas funcionalidades.

Se pretende tornar-se um Parceiro da SMARTFENSE, preencha o formulário que se segue.


A DEFENSE BALANCE S.L. utilizará a informação de natureza pessoal para autenticação, gestão comercial, estatísticas, e envio de notificações e/ou publicidade. Essa informação não será usada para finalidades diferentes das mencionadas. A base de dados está registada na Direção Nacional de Proteção de Dados Pessoais do Ministério da Justiça (Argentina), em conformidade com o disposto na Lei n.º 25.326, art.º 3.º. O titular dos dados pessoais poderá exercer o direito de acesso aos mesmos, gratuitamente, em intervalos de tempo não inferiores a 6 meses, a não ser que um interesse legítimo seja validado para o efeito, de acordo com o estabelecido na Lei n.º 25.326, art.º 14.º, n.º 3. Cabe à Direção Nacional de Proteção de Dados Pessoais (Argentina), Órgão de Controlo da Lei n.º 25.326, lidar com as denúncias e reclamações que sejam apresentadas no âmbito do incumprimento das normas relativas à proteção dos dados pessoais.